Continente Perdido

A descrição da paisagem de um continente desconhecido é narrada a partir dos restos encontrados. A descoberta das ruínas de um museu desencadeia a reconstrução da História. Através dos fragmentos encontrados, constrói-se uma narrativa que remontam as transformações no ecossistema de um lugar desconhecido.

Dividido em quatro capítulos, cada um deles refere-se a uma região do continente: a área das lagoas geométricas, as cidades soterradas, um deserto. O que caracteriza as transformações de cada região são as marcas de atividades extrativistas que teriam levado o continente ao esgotamento.

A narrativa do vídeo remete a filmes documentais com uma abordagem científica e descritiva de um lugar onde simulações de paisagens são concebidas para remontar uma história passada e projetar construções futuras. A sequência de imagens é feita com animação e acompanhada por uma trilha sonora original.

 

CONTINENTE PERDIDO
Vídeo
11:15 minutos
2021

 

O trabalho foi comissionado pelo Museu de Arte de Guangdong, para a Trienal de Imagem de Guangzhou 2021, China.